• Facebook Basic Black

© 2014 by Lis Consultoria e Treinamento Empresarial. Created by Carolina Medeiros

Comissão mista vai analisar MP da Autoridade Nacional de Proteção de Dados

03.04.2019

 

Foi estabelecida, no dia 27 de março de 2019, uma comissão para analisar a medida provisória que alterou a lei brasileira de proteção de dados, sancionada pelo ex-presidente Michel Temer em agosto do ano passado. A MP, anunciada em dezembro, criou a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), órgão que será ligado diretamente à Presidência e terá papel de implementar e fiscalizar a nova regra. A Lei de Proteção de Dados Pessoais regulamenta a forma como os dados pessoais de brasileiros podem ser usados por empresas e órgãos do governo.

 

Para presidir a comissão, foi eleito o senador Eduardo Gomes (MDB-TO). O relator da MP será o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), que também foi o relator da Lei de Proteção de Dados Pessoais.  A MP tem um prazo de 60 dias para ser votada, que podem ser prorrogados por mais 60 dias. 

 

A criação da ANPD foi barrada na sanção da lei por motivos burocráticos, uma vez que o Legislativo não pode gerar despesas ao Executivo. Por isso, o órgão foi criado por uma medida provisória. A autoridade será responsável por zelar, implementar e fiscalizar o cumprimento da lei. Ela também poderá editar normas e procedimentos sobre a proteção de dados pessoais e, quando necessário, deverá zelar pela preservação de segredo empresarial e do sigilo das informações.

 

A MP também estabelece que ANPD poderá solicitar, a qualquer momento, aos demais órgãos e entidades públicos a realização de operações de tratamento de dados pessoais bem como as informações sobre o âmbito e a natureza dos dados. O órgão também poderá emitir parecer técnico complementar para garantir o cumprimento da lei. Ela atuará em conjunto com o Sistema Nacional de Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça e outros órgãos relacionados ao tema da proteção de dados. 

 

Fonte: Estadão

Tags:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Receita reafirma orientação sobre ICMS antes do julgamento do STF

October 21, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo