• Facebook Basic Black

© 2014 by Lis Consultoria e Treinamento Empresarial. Created by Carolina Medeiros

Supersimples pode atrair até 35 mil empresas

 

Opção pelo regime tributário diferenciado com limite ampliado de faturamento anual de R$ 3,6 milhões e estendido para 142 novas categorias deverá ser feito até o dia 30

 

Alessandra Ogeda - ND Online Mobile
Florianópolis

 

Até o final deste mês mais empresas em Santa Catarina poderão optar pelo Simples Nacional que, no ano passado, teve o limite ampliado para faturamento anual de R$ 3,6 milhões e abrangeu 142 novas categorias. A redução do imposto pago pode chegar a 40%, de acordo com o advogado tributarista e diretor da LIS Consultoria e Treinamento Empresarial Jefté Lisowski. 

 

A estimativa de Kátia Rausch, analista de Políticas Públicas do Sebrae/SC, é de que até 35 mil empresas do Estado podem aderir ao regime tributário diferenciado e simplificado a partir da adesão que começou este mês. Mas tanto Lisowski quanto Kátia alertam que a migração para o chamado Supersimples pode não ser vantajosa para todas as empresas passíveis de entrar no regime.

 

"Depende do número de empregados e do faturamento. Tudo isso precisa ser levado em conta na hora de comparar (os regimes tributários)", explica o advogado tributarista. A orientação do Sebrae/SC é que o empreendedor, antes de aderir ao Simples, faça uma simulação com um contador. "Isso porque algumas empresas podem passar a pagar até mais do que antes", salienta Kátia. O Sebrae/SC disponibiliza uma ferramenta para isto no site www.simulador.leigeral.com.br